AnteriorAnteriorSeguinteSeguinte
Introdução
  1. Quando se avalia, é necessário saber, não apenas porque se avalia, mas também o que se pretende avaliar, de forma a podermos concluir, com exactidão, em que medida conseguimos alcançar os resultados esperados.
  2. Neste sentido, existem vários elementos que podem vir a ser objecto de avaliação:

    • O programa - o propósito, o conteúdo e os objectivos da formação;
    • A metodologia - o que se faz e como se faz para atingir os fins;
    • A própria avaliação - com parte integrante e importante do processo, no sentido de saber se o tipo de avaliação usado, os meios e os instrumentos, se adequam à sua função;
    • Os formandos - no sentido de testar em que medida atingiram os objectivos;
    • A instituição ou organização;
    • Os formadores;
    • Os resultados - num sentido amplo, isto é, devem ser avaliados não só os resultados esperados da formação, mas também aqueles que não foram previstos, os resultados inesperados.
AnteriorAnteriorSeguinteSeguinte