Modalidades e formas de organização da formação profissional
AnteriorSeguinte
As modalidades e formas de organização da formação diferenciam-se de acordo com as características e necessidades dos/as destinatários/as, os objectivos e natureza da aprendizagem, as estruturas curriculares, as metodologias pedagógicas, os recursos envolvidos e as durações das acções.
Na abordagem deste tema distinguem-se e caracterizam-se as modalidades e formas de organização da formação.
São modalidades de formação:
  • a formação inicial, a qual visa a aquisição de capacidades/competências adequadas para o exercício de uma determinada actividade profissional;
  • a formação contínua, que visa a aquisição de capacidades/competências ao longo do período activo do indivíduo para o desempenho de uma ou mais actividades e/ou funções.

Formação contínua
A modalidade de formação contínua compreende:
  • formação de qualificação, que visa a aquisição de capacidades/competências adequadas para o desempenho de uma determinada actividade profissional ou função;
  • formação de aperfeiçoamento, que visa melhorar e complementar as competências previamente adquiridas no desempenho de um determinado cargo;
  • formação de especialização, que visa a aquisição de saberes numa dada área ou função específicas, pressupondo a existência de uma qualificação prévia;
  • formação de reciclagem ou actualização, que visa a actualização ou reaquisição dos conhecimentos, competências ou atitudes, no desempenho da actividade profissional, seja por questões de evolução tecnológica ou de procedimentos).

São formas de organização da formação:
  • formação presencial, na qual a actividade formativa de desenvolve em sala, promovendo a interacção permanente entre formando/formador e privilegiando o grupo pedagógico enquanto elemento facilitador de aprendizagens;
  • formação em contexto de trabalho, na qual os trabalhos se desenvolvem no próprio local de trabalho ou em ambiente similar, optando-se por métodos de simulação e treino;
  • formação em alternância, na qual, se vai alternando a formação presencial com formação em contexto de trabalho;
  • formação a distância ou e-learning, caracterizada pela flexibilidade temporal e espacial, designando-se blended learning quando a formação assenta no recurso ao e-learning e à formação presencial, enquanto modalidades complementares.


Dica O despacho nº 17035/2001 de 14 de Agosto estabelece o regime específico dos apoios à formação profissional desenvolvida a distância.
Veja isto...
1.3.2 1.3b Exercício 2 - Formas de Organização da Formação Profissional

Despacho nº 17035/2001
Prova

 AnteriorSeguinte