Roteiro - Atividade C

Site: Plataforma e-learning do IEFP, IP
Curso: Competências Empreendedoras e Técnicas de Procura de Emprego
Livro: Roteiro - Atividade C
Impresso por: Visitante
Data: Monday, 28 de November de 2022 às 14:45

Atividade C - Análise de condições e fatores que podem afetar o empreendedorismo

A iniciativa de empreender tende a ser vista como um elemento vital para a revitalização e coesão económica e social – crucial para a competitividade ou, noutros termos, como parte da solução para a criação e crescimento do emprego. E, em boa verdade, estas são algumas das vantagens do empreendedorismo que importa considerar antes mesmo de entrarmos no mundo do trabalho por conta própria. 

Apesar das inúmeras vantagens de Ser Empreendedor, a iniciativa de empreender, construindo e gerindo uma empresa ou um novo negócio não é, de todo, tarefa fácil! Um empreendedor com um negócio por conta própria está exposto a um conjunto de riscos, inconvenientes ou desconfortos, que podem dar lugar à descontinuidade de pequenos negócios, particularmente nos seus primeiros anos de vida.  

Por exemplo, em Portugal, a dificuldade no acesso ao crédito emerge como um motivo em ascensão para cessação da atividade empreendedora. Mas há muitos mais motivos e circunstâncias que se afiguram como riscos de Ser Empreendedor e que têm sido identificadas em diversos estudos sobre a temática, inclusivamente motivos de ordem pessoal. 

Esta terceira atividade é justamente dedicada ao desenvolvimento e aprofundamento destas questões, prevendo-se, pelo menos 50 minutos de estudo. Trata-se de uma atividade que integra 2 tarefas que, no seu conjunto, permitirão ponderar os prós e os contras de Ser Empreendedor, identificando as vantagens e os riscos inerentes a esta opção.

Tarefa C.1 – Análise de condições estruturais do empreendedorismo

Propósito: o propósito desta tarefa é favorecer a exploração, identificação e análise das condições estruturais mais e menos favoráveis à atividade empreendedora em Portugal, através de exercícios de leitura e interpretação de dados oportunamente indicados. 

Tempo de concretização previsto: 25 minutos 

Orientações

1. Leia com atenção o Texto #1.C.1 - Avaliação das Condições Estruturais do Empreendedorismo em Portugal, disponível aqui. Se achar conveniente, imprima o texto para destacar as ideias principais e os pormenores mais significativos. 

2. A seguir faça o download da Ficha de Registo #1.C.1 – Análise das Condições Estruturais do Empreendedorismo, disponível aqui, e guarde-a no seu computador. Ao gravar o ficheiro, não se esqueça de acrescentar o seu nome ao nome do ficheiro (ex.FR1.C.1_NomeApelido). 

3. Abra o ficheiro (ou imprima-o, se for mais fácil) e certifique-se que compreende as questões que lhe são feitas e o tipo de informações que necessita de apresentar para concretizar esta tarefa. 

4. Releia o texto indicado e, nesta fase, analise de forma mais detida os resultados que lhe são apresentados graficamente. Tome as notas que achar convenientes, tendo em mente as questões a que precisa de responder. 

Nota: A partir do texto previamente indicado é possível responder a todas as questões. Todavia, se desejar aprofundar o conhecimento sobre estudo ou simplesmente aceder a informação mais detalhada para complementar ou fundamentar melhor a sua análise, poderá consultar o descritivo dos resultados na fonte original, consultando nomeadamente o terceiro capítulo do relatório GEM Portugal 2013 | 2004-2013: Uma Década de Empreendedorismo em Portugal, pp.49-69, disponível online em http://www.spi.pt/UserFiles/File/Documentos/75/gem_portugal_2013_final.pdf

5. Depois de responder às questões solicitadas, envie a ficha para o seu formador através da área criada para o efeito em Entrega da Ficha de Registo #1.C.1 – Análise das Condições Estruturais do Empreendedorismo, certificando-se que o seu nome consta da designação do ficheiro.

Tarefa C.2 - Análise de outros fatores que podem afetar a atividade empreendedora

Propósito: o propósito desta tarefa é ampliar o conhecimento sobre os fatores que podem afetar a atividade empreendedora, favorecendo a exploração, identificação e análise de pontos fortes e pontos fracos de Ser Empreendedor, através de exercícios de leitura e interpretação de dados oportunamente indicados. 

Tempo de concretização previsto: 25 minutos 

Orientações

1. Para alargar o horizonte no que respeita a outro tipo de circunstâncias ou fatores que podem afetar a atividade empreendedora, tomaremos como base os resultados decorrentes do estudo “O Céu e o Inferno do empreendedorismo”, realizado em 2014 pelo Sebrae-SP – um estudo que visou aprofundar as características relativas a pontos fortes e fracos vivenciados pelos donos de pequenos negócios, mediante a realização de entrevistas telefónicas a 1080 empresários do estado de São Paulo (Brasil). Desta forma, comece por analisar os gráficos do Texto 1.C.2 – Sistematização dos Resultados dos Pontos Positivos e Pontos Negativos de empreender, que disponibilizamos aqui

Note que tanto os pontos positivos como os pontos negativos estão agrupados em duas grandes categorias: uma respeitante à vida pessoal e outra respeitante à vida profissional. Se desejar aprofundar o conhecimento sobre estudo, a metodologia adotada e as dimensões de análise privilegiadas, poderá consultar o estudo na íntegra aqui.

2. Depois de analisar os gráficos, responda ao Mini Teste #1.C.2 - Pontos Positivos e Pontos Negativos de Ser Empreendedor, disponível aqui.